Conferencista Edimilson Garcia

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

CONCIDERAÇÕES SOBRE DEUS

O homem tem como característica marcante sua curiosidade e seu desejo de compreender todas as coisas. Esse fator é uma das principais causas de todo o desenvolvimento científico da humanidade.
Contudo, esse questionamento não consegue satisfação plena quando o
Estudos Bíblicos // Viva a Vida com Jesus
assunto é Deus.
Muitas pessoas se tornam anti-religiosas por avaliarem tudo, unicamente, sob a ótica da razão.
O conhecimento científico é constituído por comprovações práticas de suas teses e teorias. A espiritualidade, porém, não está ao alcance dos instrumentos e técnicas da ciência natural, que depende de fatos repetidos sob circunstâncias previsíveis.

Em nossa religiosidade, devemos, sim, usar a razão, mas conscientes de sua limitação. A razão deve ser usada a serviço da espiritualidade, até onde for possível, mas nunca como sua base de sustentação. O que sustenta a religiosidade é a fé e o que sustenta a fé é a Palavra de Deus, que se encontra na Bíblia.
DEUS NÃO PODE SER EXPLICADO. A Bíblia nos afirma que Deus é um Espírito eterno. Ele não tem origem, nem princípio de existência, e também não terá fim. Sem usar nenhuma matéria pré-existente, criou tudo que existe. Essas poucas afirmações já são suficientes para extrapolar os limites da nossa compreensão. Tudo isso pode até ser visto, por muitos, como algo absurdo e inaceitável. Não espere explicações sobre a pessoa de Deus, a não ser dentro dos limites do que a Bíblia nos ensina.
DEUS NÃO PODE SER COMPREENDIDO. Muitas pessoas rejeitam o evangelho porque não encontram respostas para muitas perguntas. Quando começam a admitir que Deus existe, levantam uma enorme barreira formada por indagações diversas. "Por quê Deus permite o sofrimento da humanidade ? Por quê há tantas desgraças no mundo ? Por quê Deus permite a existência do mal ? Por quê isso ? Por quê aquilo ?" Poderíamos até apresentar diversos argumentos na tentativa de responder a estas questões, mas certamente, outras perguntas surgiriam. Realmente, não somos capazes de compreender as ações de Deus. Contudo, isso não é desculpa suficiente para negarmos sua existência nem vivermos contra os seus mandamentos.
DEUS EXISTE - A Bíblia não contém argumentações para provar a existência de Deus. Não pretende explicar Deus, nem fazer-nos compreender tudo o que lhe diz respeito. O texto bíblico simplesmente fala sobre Deus e apresenta a fala de Deus para o homem; mostra o quadro de perdição da humanidade e a solução divina para esse problema. A crença na existência de Deus está subjacente como uma realidade óbvia. A ausência de explicações ou de entendimento da nossa parte não constitui ameaça ao fato de que Deus existe. Muitas coisas no universo existem apesar de não conseguimos explica-las nem entendê-las.
A FÉ EM DEUS - Nossa relação com Deus começa com a fé, e esta vem, normalmente, através do conhecimento bíblico (Romanos 10.17). Você quer ter fé ? Quer ter certeza das realidades do mundo espiritual ? Leia a Bíblia. Se você o fizer com o desejo sincero de conhecer a verdade, Deus acenderá a chama da fé em seu coração. "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8.32).
A EXPERIÊNCIA COM DEUS - Crer em Deus é importante. Acreditar que ele existe é fundamental (Hebreus 11.6). Porém, a fé não é um fim em si mesma. A verdadeira fé depositada no verdadeiro Deus, que é o Deus da Bíblia, produz resultados. Se cremos no Deus vivo, haveremos de obter respostas para as nossas orações. Veremos realidades invisíveis do mundo espiritual se materializando no mundo físico. A verdadeira fé cria condições favoráveis para a ação de Deus. É verdade que ele nem sempre nos responde, mas algumas vezes nossos pedidos são atendidos e verdadeiros milagres acontecem. Sou testemunha de curas milagrosas. Eu mesmo expeli uma adenóide no momento em que recebia a oração de um pastor. Tive ainda a oportunidade de presenciar uma manifestação de demônios, que possuíam uma pessoa, e pude expulsá-los em nome de Jesus. Isso não é nenhum mérito para a minha pessoa. Qualquer um que se converta ao evangelho poderá expulsar demônios e experimentar coisas muito mais gloriosas. O que quero com esses relatos é mostrar que a fé produz resultados e os resultados reforçam a fé. A Bíblia é a verdade sobre Deus. O que está escrito nela funciona. Milhares de pessoas têm tido experiências com Deus e podem fazer coro comigo nessas afirmações.
PROVA DA EXISTÊNCIA DE DEUS - Olhe em qualquer direção e você verá uma prova da existência de Deus. O universo, a terra, o homem, são provas vivas da existência do criador. No dia em que você se encontrar com Deus para ser julgado (e todos nós encontraremos), não poderá dizer que não sabia que ele existia. Não poderá dizer que não houve provas. É verdade que eu nunca vi Deus. Mas, a existência do relógio já é prova suficiente da existência do relojoeiro.
Deixemos de lado os questionamentos, as tentativas de explicar o inexplicável, e encaremos a realidade. O que Deus espera de nós não é que o compreendamos e sim que o obedeçamos; que nossas vidas sejam de acordo com os seus padrões contidos na Bíblia. Seus mandamentos não são opressores. São apenas meios que Deus usa para que vivamos livres das conseqüências funestas de atos malignos que, de outro modo, cometeríamos. Se não temos vivido corretamente, ele está pronto a nos perdoar e nos ensinar um novo caminho: o caminho do amor, da paz e da felicidade. O objetivo final do evangelho é a salvação eterna da alma humana. Aqueles que passarem toda a vida tentando ignorar a pessoa de Deus e sua vontade, serão condenados a viverem eternamente separados dele em estado de sofrimento indizível. Aqueles, porém, que, ainda nesta vida, se arrependerem de seus pecados e se converterem ao evangelho de Jesus Cristo, viverão eternamente em comunhão com Deus.
Postar um comentário