Conferencista Edimilson Garcia

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011


A GRANDE VITÓRIA
1 João 5;4-5
Introdução:
Estamos vivendo numa época em que as pessoas lutam com todas as suas forças e usam de todos os meios para vencer. Esta luta, contudo, não é o bom combate da fé, e o resultado final não será a verdadeira vitória. Somente o cristão verda­deiro luta a boa luta por conhecer o segredo da grande vitória.
I. Quem vence o mundo?
1. O que é nascido de Deus, v. 4; João 1:13
2. O que é nascido da água e do Espirito, João 3:3-5
3. O que crê que Jesus é o Filho de Deus, v. 5
II. Qual é a grande vitória?
1. É a nossa fé (v. 4), através da qual recebemos:
A. A remissão de pecados num mundo pecaminoso, Atos 10:43                                              
B. A paz num mundo conturbado. Romanos 15:13
C. A alegria num mundo triste e angustiado, l Pedro 1:8
D. O descanso num mundo agitado. Hebreus 4:3; Mateus 11:28-29
E. A esperança num mundo desesperançado. Romanos 15;13
2. Todas as coisas num mundo de escassez, Mateus 21:22
3. A vida eterna num mundo de morte, João 5:24               
Conclusão:
Somente a fé verdadeira dos que nasceram de Deus produz a grande vitória sobre a carne, o mundo e o diabo.


TEXTOS EXTRAÍDOS DA BÍBLIA SAGRADA - NVI


1 João 5
4 O que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.
5 Quem é que vence o mundo? Somente aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus.
João 4
13 os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus.
João 3
3 Em resposta, Jesus declarou: “Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo".
4 Perguntou Nicodemos: “Como alguém pode nascer, sendo velho? É claro que não pode entrar pela segunda vez no ventre de sua mãe e renascer!”
5 Respondeu Jesus: “Digo-lhe a verdade: Ninguém pode entrar no Reino de Deus, se não nascer da água e do Espírito.
Atos 10
43 Todos os profetas dão testemunho dele, de que todo o que nele crê recebe o perdão dos pecados mediante o seu nome”.
Romanos 15
13 Que o Deus da esperança os encha de toda alegria e paz, por sua confiança nele, para que vocês transbordem de esperança, pelo poder do Espírito Santo.
1 Pedro
8 Mesmo não o tendo visto, vocês o amam; e apesar de não o verem agora, crêem nele e exultam com alegria indizível e gloriosa,
Hebreus 4
3 Pois nós, os que cremos, é que entramos naquele descanso, conforme Deus disse: “Assim jurei na minha ira: Jamais entrarão no meu descanso”c; embora as suas obras estivessem concluídas desde a criação do mundo.
Mateus 11
28 “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.
29 Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas.
Romanos 15
13 Que o Deus da esperança os encha de toda alegria e paz, por sua confiança nele, para que vocês transbordem de esperança, pelo poder do Espírito Santo.
Mateus 21
22 E tudo o que pedirem em oração, se crerem, vocês receberão”.
João 5
24 “Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para a vida.

A GRANDE DIFERENÇA
1 Pedro 4:1-5
Introdução:
No mundo em que vivemos encontramos profundas dife­renças sociais, econômicas e culturais. Uns moram em lindas mansões, enquanto outros em favelas. Uns gastam boa parte da vida adquirindo cultura, enquanto outros permanecem analfabetos. Tais diferenças não farão nenhum sentido após a morte. No plano espiritual, entretanto, há uma diferença entre os que fazem a vontade de Deus e os que a rejeitam, diferença que continuará por toda a eternidade.
I. Somos diferentes porque sofremos com Cristo
1. Cristo sofreu na carne, v. 1
2. Cristo já cessou do pecado, v. l
3. Cristo levou os nossos pecados, l Pedro 2:24
II. Somos diferentes porque vivemos com Cristo
1. Remindo o tempo que nos resta, v. 2
2. Renunciando à carne, vv, 2-3
3. Praticando a vontade de Deus, v. 2
III. Somos diferentes porque não seremos condenados
1. Os perdidos terão de prestar contas, v. 5
2. Os salvos não serão condenados. Romanos 8:1
3. Por fim, a diferença será bem acentuada, Malaquias 3:17-18
Conclusão:
O mundo não entende a diferença entre os que servem a Deus e os que não o servem. Eles estranham o fato de não concorrermos com eles no mesmo desenfreamento de disso­luções (v. 4), e por isso nos odeiam (João 15:18-19).

TEXTOS EXTRAÍDOS DA BÍBLIA SAGRADA - NVI


1 Pedro 4
1 Portanto, uma vez que Cristo sofreu corporalmente, armem-se também do mesmo pensamento, pois aquele que sofreu em seu corpo rompeu com o pecado,
2 para que, no tempo que lhe resta, não viva mais para satisfazer os maus desejos humanos, mas sim para fazer a vontade de Deus.
3 No passado vocês já gastaram tempo suficiente fazendo o que agrada aos pagãos. Naquele tempo vocês viviam em libertinagem, na sensualidade, nas bebedeiras,
orgias e farras, e na idolatria repugnante.
4 Eles acham estranho que vocês não se lancem com eles na mesma torrente de imoralidade, e por isso os insultam.
5 Contudo, eles terão que prestar contas àquele que está pronto para julgar os vivos e os mortos.
1 Pedro 2
24 Ele mesmo levou em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, a fim de que morrêssemos para os pecados e vivêssemos para a justiça; por suas feridas vocês foram curados.
Romanos 8
1 Portanto, agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus,
Malaquias 3
17 “No dia em que eu agir”, diz o SENHOR dos Exércitos, “eles serão o meu tesouro pessoala. Eu terei compaixão deles como um pai tem compaixão do filho que lhe obedece.
18 Então vocês verão novamente a diferença entre o justo e o ímpio, entre os que servem a Deus e os que não o servem.
João 15
18 “Se o mundo os odeia, tenham em mente que antes me odiou.
19 Se vocês pertencessem ao mundo, ele os amaria como se fossem dele. Todavia, vocês não são do mundo, mas eu os escolhi, tirando-os do mundo; por isso o mundo os odeia.