Conferencista Edimilson Garcia

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011


O CRISTO REVELADO
João 1:4-14
Introdução:
Muitas pessoas sabem que Jesus veio ao mundo, morreu, ressuscitou e está nos céus, mas continuam vivendo segundo o curso deste mundo. Não basta, portanto, saber que Jesus veio; é necessário recebê-lo e crer nele como o Cristo cheio de glória, de graça e de verdade. Aleluia! Jesus nasceu, foi perseguido por Herodes, pagou imposto, pregou, ensinou e curou, porém a maior parte do povo jamais o viu.
I. A Luz resplandeceu para todos
1. Era a Luz dos homens, v. 4-5
2. Era a verdadeira Luz, v. 9
II. João Batista, testemunha da Luz
1. Ele testificou da Luz, v. 7
2. Ele não era a Luz, vv. 8, 20
III. A rejeição da Luz
1. As trevas não prevaleceram contra ela, v. 5
2. O mundo não a conheceu, v. 10
3. Os seus não a receberam, v. 11
4. As pessoas não a viram, Mateus 13:13-15; 2 Coríntios 4:3-4
IV. A revelação da Luz
1. Podemos tornar-nos filhos de Deus, v. 12
2. Podemos ver a sua glória, v. 14
3. Podemos livrar-nos das trevas, João 8:12
Conclusão:
Cristo é a mais completa e grandiosa revelação de Deus à humanidade, a mais perfeita manifestação do seu amor.

TEXTOS EXTRAÍDOS DA BÍBLIA SAGRADA - NVI


João 1
4 Nele estava a vida, e esta era a luz dos homens.
5 A luz brilha nas trevas, e as trevas não a derrotaram.
6 Surgiu um homem enviado por Deus, chamado João.
7 Ele veio como testemunha, para testificar acerca da luz, a fim de que por meio dele todos os homens cressem.
8 Ele próprio não era a luz, mas veio como testemunha da luz.
9 Estava chegando ao mundo a verdadeira luz, que ilumina todos os homens.c
10 Aquele que é a Palavra estava no mundo, e o mundo foi feito por intermédio dele, mas o mundo não o reconheceu.
11 Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam.
12 Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus,
13 os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus.
14 Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós. Vimos a sua glória, glória como do Unigênito vindo do Pai, cheio de graça e de verdade.
Mateus 13
13 Por essa razão eu lhes falo por parábolas: “ ‘Porque vendo, eles não vêem e, ouvindo, não ouvem nem entendem’a.
14 Neles se cumpre a profecia de Isaías: “ ‘Ainda que estejam sempre ouvindo, vocês nunca entenderão;ainda que estejam sempre vendo, jamais perceberão.
15 Pois o coração deste povo se tornou insensível; de má vontade ouviram com os seus ouvidos,e fecharam os seus olhos. Se assim não fosse, poderiam ver com os olhos, ouvir com os
ouvidos,entender com o coração e converter-se, e eu os curaria’b.
2 Coríntios 4
3 Mas se o nosso evangelho está encoberto, para os que estão perecendo é que está encoberto.
4 O deus desta era cegou o entendimento dos descrentes, para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.
João 8
12 Falando novamente ao povo, Jesus disse: “Eu sou a luz do mundo. Quem me segue, nunca andará em trevas, mas terá a luz da vida”.

Postar um comentário