Conferencista Edimilson Garcia

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Cap 11 - O Décimo Mandamento Exodo 20.1-17



Introdução
Só Deus pode fazer leis que comprometem o coração humano (Êxodo 20:17), pois somente Ele conhece e pode julgar o coração.
I. A Seriedade da Cobiça
Os homens normalmente vêem o pecado da cobiça como sendo de menor importância. O Criador, entretanto, sabe quão perniciosa é a corrupção do pecado. Considere o perigo e o mal deste pecado:
A. A cobiça no coração humano é uma fonte de pecado. A cobiça levou Eva a pecar no Éden, Judas a trair a Cristo e Davi em cair no pecado de adultério e assassinato. O décimo mandamento é realmente um escudo para os outros mandamentos, pois a cobiça fará com que o homem quebre todos eles.
1. A cobiça nos leva a colocarmos outras coisas no lugar de Deus. (Êxodo 20:3. Jó 31:24-28).
2. A cobiça faz da riqueza o nosso ídolo (Êxodo 20:4, Efésios 5:5).
3. A cobiça faz o homem jurar falsamente e usar o nome de Deus por mero lucro (Êxodo 20:7).
4. A cobiça levou o homem a quebrar o sábado (Êxodo 20:8). Hoje o homem trabalha no dia do Senhor visando o lucro financeiro.
5. A cobiça causa a negligência aos pais (Êxodo 20:12, Mateus 15:3-6).
6. A cobiça é responsável pelas guerras e assassinatos (Êxodo 20:13).
7. O adultério começa quando o homem cobiça o que não lhe pertence (Êxodo 20:14). Veja como a industria do entretenimento explora o sexo por dinheiro.
8. A cobiça é a mãe do roubo (Êxodo 20:15).
9. A calúnia e o engano podem ser traçados como freqüentemente tendo seu início na cobiça (Êxodo 20:16).
B. A cobiça revela um coração que não ama ao seu próximo. O amor verdadeiramente aperfeiçoado se regozija quando outros são abençoados (II João 2). A cobiça é a essência do egoísmo e do amor próprio.
C. A cobiça, como outros pecados, conduz a perdição (I Coríntios 6:10).
D. A cobiça e detestável na vida de cristãos professos (I Coríntios 5:11).
E. A cobiça é o que faz com que o dinheiro seja injustamente amado (I Timóteo 6:9-10).
F. A cobiça é um pecado tolo que causa cegueira na mente dos homens (Lucas 12:15-21).
II. Evitando a Cobiça
A. Que venhamos aprender a estarmos contentes com aquilo que Deus nos dá (Filipenses 4:11, I Timóteo 6:6-9).
B. Confiemos em Deus (Hebreus 13:5). Ele suprirá nossas necessidades (Mateus 6:24-33) e de uma maneira que sempre é o melhor para nós.
C. Nós precisamos cultivar um espírito altruísta (Atos 20:35). A benção de darmos o dízimo é que isso nos ajuda a ficamos livres da cobiça.



Postar um comentário