Conferencista Edimilson Garcia

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Tema: Cristo a luz e a liberdade da vida

Capítulo 8

Tema: Cristo a luz e a liberdade da vida
Este capítulo mostra Cristo em conflito com os líderes judeus, e dá uma série de contrastes importantes.
I. A luz e a escuridão - 8:1-20
Eles trouxeram esta mulher a Jesus na corte das mulheres; no templo no lugar do tesouro (vs.20). O motivo: acusar Jesus (vs. 6) e colocá-lo numa situação embaraçosa. Se Ele livrasse a mulher, violaria a lei de Moisés (Lev. 20:10 , Deut. 22:22); se Ele dissesse que ela seja apedrejada, não poderia afirmar ser Aquele que perdoa pecado. Arthur Pink sugere que Cristo escreveu com seu dedo duas vezes na terra para lembrar-lhe das duas tábuas da lei, escritas pelo dedo de Deus (Êx. 31:18 , 32:15-18 , 34:1). Os judeus pecaram e Moisés quebrou a primeira tábua; mas Deus perdoou seu pecado, proveniu sacrifício de sangue, e deu-lhe uma segunda tábua. Cristo morreu pelos pecados desta mulher, e foi capaz de perdoá-la quando O chamou de “Senhor”.
No vs. 12 temos a grande declaração “EU SOU”. Como a Luz do mundo, Cristo afirmou ser Deus; pois Deus é luz (I João 1:56). As trevas lembram-se da morte, da ignorância, e do pecado; a luz lembra-se da vida, do conhecimento, e da santidade. A luz reprova o pecado (João 3:20). O pecador perdido vive em trevas (EF. 2:1-3 , 4:17-19 e 5:8) e ficará eternamente nas trevas (Mat. 25:30) se rejeitar a Cristo. Os judeus, em lugar de submeter-se a Cristo, discutiram com Ele no templo!
II. O céu e a terra - 8:21-30
Há dois nascimentos; de cima, sendo nascido de novo pelo Espírito de Deus; ou de baixo; sendo nascido da carne. E há duas maneiras para morrer: o pecador morre nos seus pecados, mas o crente morre no Senhor (Apoc. 14:13). A fé em Jesus Cristo faz a diferença.
Jesus lhes disse que veio do céu. O Pai o enviou (vs. 26), O ensinou (vs. 28), e ficava com Ele (vs. 29). O Pai só abandonou Seu Filho quando Cristo foi feito pecado por nós na cruz. No vs. 28, Cristo fala de estar levantado, que significa a crucificação. Ele disse isso a Nicodemos em 3:14-16; e falará outra vez disso em 12:32-34.
III. A liberdade e a escravidão - 8:31-40
Os judeus que creram (vs. 30) estavam exortados a provar sua fé pela fidelidade. A fé em Cristo faz-se um filho de Deus, mas permanecendo na Palavra e conhecendo a verdade (e vivendo-a) faz-se um discípulo (vs. 31). Cristo está falando da escravidão e liberdade espiritual. O pecador perdido está em escravidão as concupiscência, ao pecado (Tito 3:3), ao satanás, e ao mundo (Ef. 2:1-3). Ele é liberto quando receber a verdade em Cristo.
Os judeus apelaram às suas vantagens da carne; “Somos descendência de Abraão!”. Disseram a mesma coisa a João o Batista (Mat. 3:89-9). Jesus cuidadosamente faz uma distinção aqui entre a descendência de Abraão (fisicamente, vs. 37) e os filhos de Abraão (espiritualmente, vs. 39). Paulo faz a mesma distinção em Romanos. 2:28-29, 4:9-12 e 9:6; também Gál. 4:22-29)
Há gente que vai ao inferno porque confundem as coisas físicas com as coisas espirituais. Jesus falou com Nicodemos sobre o nascimento espiritual, e ele perguntou sobre o nascimento físico (3:4). Cristo ofereceu a mulher de Samaria a vida eterna (água viva) e ela falou sobre a água natural (4:15). A CARNE PARA NADA APROVEITA (6:63)! A salvação é uma experiência espiritual, e o nascimento físico não tem nada a ver com isso.
IV. Os filhos de Deus e os filhos de satanás - 8:41-47
A Bíblia fala de 4 tipos diferentes de “filhos espirituais”. Nascemos por natureza FILHOS DA IRA (Ef. 2:3). Quando alcançarmos a idade de rebelião e pecado feito com deliberação, tornamo-nos FILHOS DA DESOBEDIÊNCIA (Ef. 2:2). Quando colocamos nossa fé em Cristo, tornamo-nos FILHOS DE DEUS (1:12). Mas as pessoas que rejeitam Cristo e preferem a auto-justificação (justiça falsificada pelo diabo) é um filho maligno, ou seja, um FILHO DO DIABO. (Mat. 13:24-30 , 36-43). Jesus revela as características dos filhos do diabo:
(a) Não deixam entrar a Palavra de Deus, vs. 37
(b) Confia em coisas da carne - nascimento físico, obras, cerimônias, etc., vs. 39
(c) Odeiam Cristo e procuram matá-lo, vs. 40,44 (satanás é homicida)
(d) Não amam a Cristo nem as coisas dEle, vs. 42
(e) Não entendem a Palavra, vs. 43 (satanás cegou os olhos deles)
(f) São mentirosos e gostam da mentira, mais do que a verdade, vs. 44
(g) Não escutam a Palavra de Deus, vs. 47
Lembram-se que estes filhos do diabo não eram imorais, bêbados, ou jogadores; eram homens religiosos que rejeitaram a Cristo! Hoje em dia, muito do que é chamado “cristianismo” NÃO É verdadeira religião baseada na Bíblia ; ao contrário, é falsificação do diabo. (II Cor. 11:14). Milhões de pessoas hoje em dia estão enganadas pelo diabo, “tendo APARÊNCIA DE PIEDADE, mas negando a eficácia dela”. ( II Tim. 3:5)
V. A honra e a desonra - 8:48-59
Deus honra Seu Filho, mas homens auto-justificados O desonram. Os judeus O desonram, chamando-O um samaritano e acusando-O de ter demônio (vs. 48). (Os samaritanos eram vagabundos aos olhos dos judeus). Jesus diz que Abraão viu o Seu dia e alegrou-se (vs. 56). Como é que Abraão viu o dia de Cristo? PELA FÉ (Hebreus. 11:10-16). Ele viu um tipo de Cristo quando antes de oferecer Isaque no altar ele viu o animal que Deus mandou para substituí-lo. O próprio nascimento do seu filho prometido, Isaque, foi um tipo da vinda de Cristo. Deus compartilhava muitos segredos com Seu amigo Abraão por causa da sua fé e obediência (Gên. 18:16-22).
Quando a Luz da Palavra de Deus penetra no coração, o homem tem que o aceitá-lo e ser salvo, ou rejeitá-la e ficar perdido. Veja como esses judeus religiosos e auto-justificados odiavam a Cristo e tentaram matá-lO! Isso é prova que eles eram filhos de satanás o assassino! Jesus afirmou ser Deus Jeová quando disse, “Antes que Abraão existisse, EU SOU” (Êx. 3:14). No vs. 24, Ele também disse, “Quando levantardes o Filho do homem, então conhecereis quem EU SOU...” A mentira de satanás é que Jesus não é o Filho de Deus (I João 2:22 , 4:1-3). É IMPOSSÍVEL HONRAR A DEUS E AO MESMO TEMPO DESONRAR E REJEITAR A CRISTO! (5:23)
Aplicação prática:
(1) Você está andando na luz ou nas trevas do pecado?
(2) Você está dependendo da sua descendência humana, ou no nascimento do céu?
(3) Você é um dos filhos de Deus ou é um escravo do diabo?
(4) Você está em perigo de estar perdido eternamente?
(5) Você quer confiar em Cristo hoje e dá-lO a honra que Ele merece?


Postar um comentário