Conferencista Edimilson Garcia

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Três Tipos de Oração Bíblica



A maior parte dos cristãos entra precipitada na oração sem considerar a maneira, o propósito, o contexto, ou as conseqüências das suas orações. Demais vezes encaram a oração como encaram apressadamente o cardápio do restaurante de fast food. Logo pedem o que não querem o que não satisfarão mas, são apressados demais ir pra casa para preparar uma refeição equilibrada que seria mais satisfatória e nutritiva. As conseqüências são obesidade e falta de boa saúde. Este quadro representa a vida de oração da maioria. Porém, as orações bíblicas são designadas com propósito, são equilibradas, realizadoras e cheias de nutrição. A Bíblia nos dá três tipos de oração para o santo entrar na presença de Deus.
O primeiro tipo de oração e o mais comum pelas Escrituras é da palavra grega proseukhe (#4335, Strong’s). Este tipo de oração é uma busca para falar com Deus por causa da devoção por Ele. Carrega a idéia de respeito reverencial com calmaria. É de buscar contato com Deus com o reconhecimento que está entrando na presença literal da santidade absoluta. Neste estado de oração, entendemos que não temos as mesmas liberdades da vida corriqueira, ou as liberdades que acostumamos ter entre as paredes do nosso próprio lar onde dominamos. Devoção a este tipo de oração faz-nos pisar com um maior grau de reverência a terra santa diante do trono do Deus Todo-Poderoso. Examine Lc. 6.12; At. 1.14; 2.42.
O segundo tipo de oração vem pelo estudo da palavra deesis (#1162, Strong’s) que expressa a nossa necessidade, urgência ou desejo para ajuda especial. Reconheça a nossa incapacidade e insuficiência. Não trata de uma lista cheia de desejos carnais. É a entrega de um pedido urgente e biblicamente válido. Examine Lc. 1.13; Rm. 10.11; II Co. 9.14.
O terceiro tipo de oração é enieuxis e entugchano (#1783 e 1793, Strong’s). Esta oração é intercessão para o bem dos outros e com boa confiança. É uma intervenção proposital. Examine Rm. 8.27, 34; 11.2; I Tm. 2.1; 4.5; Hb. 7.25. Às vezes essa palavra grega é traduzida simplesmente como intercessão invés de oração intercessora.
Aprendendo a orar corretamente é saber lutar a guerra espiritual. Oração não deve ser desperdiçada. Cristãos devem aprender a respeitar e confiar em oração. A oração bíblica não é uma exposição de palavras grandiosas proferida numa linguagem corporal extravagante. A oração bíblica busca somente os ouvidos e os olhos de Deus. Seu propósito é assegurar a atenção do Deus santo e eterno tal oração é executada com a maior reverência devida a Ele. Oração eficaz depende destes três tipos de oração bíblica.



Postar um comentário